sexta-feira, 29 de maio de 2015

Ônibus educativo sobre a dengue na Escola Municipal Sítio do Ipê


Nesta quinta-feira (28/05) o ônibus educativo “Não dê tempo para a dengue” esteve na Escola Municipal Sítio do Ipê, bairro Matapaca.  O objetivo foi levar conhecimentos sobre a dengue aos alunos para que estes os transmitam em suas casas, colocando em prática o que aprenderam.

Guiados por agentes do setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC) – do Centro de Controle de Zoonoses –, os estudantes adentraram o coletivo, acompanhados de professores, e receberam explicações sobre o tema antes de apreciarem a exposição.  

O interior do veículo é composto por cartazes, maquetes e esculturas que mostram todo o ciclo biológico do mosquito Aedes Aegypti 1.800 vezes ampliado em acrílico. Com a ajuda de lupa, foi possível ver como são os ovos, as larvas, as pupas e o mosquito adulto em tamanho original em recipientes adequadamente acondicionados pela SUCEN- Superintendência de Controle de Endemias de São Paulo. Os materiais como cartazes e banners contidos no interior do ônibus são os utilizados pelo Ministério da Saúde em suas campanhas. 

Ao final, os visitantes receberam folders e revistinhas educativas de prevenção, conheceram mais sobre a doença e suas formas de transmissão.  A finalidade é que se tornem multiplicadores desse conhecimento no ambiente familiar.

O ônibus é uma iniciativa da GRP Ações Educativas Preventivas de Saúde Pública em parceria com Ministério da Saúde, iniciativa privada e órgãos governamentais estaduais e municipais.






quarta-feira, 27 de maio de 2015

Ônibus “Não dê tempo para a dengue” chega à UMEI Olga Benário Prestes





Nesta terça-feira (26/05) chegou à Unidade Municipal de Educação Infantil Olga Benário Prestes, bairro Engenho do Mato, o ônibus educativo “Não dê tempo para a dengue” levando aos estudantes informações e orientações sobre como evitar a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.  O objetivo foi sensibilizar e educar os visitantes sobre prevenção e riscos do contágio da doença.

Agentes do setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC) – do Centro de Controle de Zoonoses – guiaram alunos e professores no interior do coletivo, apresentando explicações sobre o tema e os objetos ilustrativos expostos.  


A exposição itinerante é composta por cartazes, maquetes e esculturas que mostram todo o ciclo biológico do mosquito Aedes Aegypti 1.800 vezes ampliado em acrílico. Com a ajuda de lupa, foi possível ver como são os ovos, as larvas, as pupas e o mosquito adulto em tamanho original em recipientes adequadamente acondicionados pela SUCEN- Superintendência de Controle de Endemias de São Paulo. Os materiais como cartazes e banners contidos no interior do ônibus são os utilizados pelo Ministério da Saúde em suas campanhas. 

Ao final, as crianças receberam folders e revistinhas educativas de prevenção, conheceram mais sobre a doença e suas formas de transmissão.  A finalidade é que se tornem multiplicadores desse conhecimento.

O ônibus é uma iniciativa da GRP Ações Educativas Preventivas de Saúde Pública em parceria com Ministério da Saúde, iniciativa privada e órgãos governamentais estaduais e municipais.




Ônibus educativo sobre a dengue visita a Escola Municipal Júlia Cortines


Nesta segunda-feira (25/05) o ônibus educativo “Não dê tempo para a dengue” visitou a Escola Municipal Júlia Cortines, bairro Icaraí, levando aos estudantes informações e orientações sobre como evitar a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.  O objetivo foi sensibilizar e educar os visitantes sobre prevenção e riscos do contágio da doença.

Guiados por agentes do setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC) – do Centro de Controle de Zoonoses –, os alunos adentraram o coletivo, acompanhados de professores, e receberam explicações sobre o tema antes de percorrerem a exposição. 

O interior do veículo é composto por cartazes, maquetes e esculturas que mostram todo o ciclo biológico do mosquito Aedes Aegypti 1.800 vezes ampliado em acrílico. Com a ajuda de lupa, foi possível ver como são os ovos, as larvas, as pupas e o mosquito adulto em tamanho original em recipientes adequadamente acondicionados pela SUCEN- Superintendência de Controle de Endemias de São Paulo. Os materiais como cartazes e banners contidos no interior do ônibus são os utilizados pelo Ministério da Saúde em suas campanhas.


Ao final, as crianças receberam folders e revistinhas educativas de prevenção, conheceram mais sobre a doença e suas formas de transmissão.  A finalidade é que se tornem multiplicadores desse conhecimento.

O ônibus é uma iniciativa da GRP Ações Educativas Preventivas de Saúde Pública em parceria com Ministério da Saúde, iniciativa privada e órgãos governamentais estaduais e municipais.


CCZ participa do “Encontro com a família na escola”



            



Neste sábado (23/05) o Centro de Controle de Zoonoses – através do setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC) participou do “Encontro com a família na escola” realizado pela Escola Municipal Felisberto de Carvalho, bairro Vila Progresso.  O evento teve como objetivo promover atividades educativas, culturais e recreativas para alunos e seus familiares visando a maior e melhor interação destes com a comunidade escolar.


A agente Patrícia Oliveira realizou palestras sobre dengue para pais de alunos com o propósito de sensibilizá-los sobre a importância de se evitar a proliferação do Aedes aegypti no ambiente familiar. Apesar de o tema ser recorrente, o público presente demonstrou interesse em saber mais – principalmente também sobre a chikungunya –, e participou ativamente com questionamentos sobre prevenção.

Ônibus educativo sobre a dengue no Campo de São Bento




Conhecendo melhor a dengue 


O ônibus educativo “Não dê tempo para a dengue” levou neste final de semana (23 e 24/05) informações e orientações sobre como evitar a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, aos frequentadores do Campo de São Bento, bairro Icaraí.  A exposição itinerante teve como objetivo sensibilizar e educar os visitantes sobre prevenção e riscos do contágio da doença.

O interior do coletivo é composto por cartazes, maquetes e esculturas que mostram todo o ciclo do mosquito Aedes Aegypti 1.800 vezes ampliado em acrílico. Além do vasto material, com a ajuda de lupa, é possível ver como são os ovos, as larvas, as pupas e o mosquito adulto em tamanho original em recipientes adequadamente acondicionados pela SUCEN- Superintendência de Controle de Endemias de São Paulo.  Os materiais como cartazes e banners contidos no interior do ônibus são os utilizados pelo Ministério da Saúde em suas campanhas.

Para explicar melhor como encontrar e destruir os locais de procriação do mosquito transmissor da doença, o ônibus contou com agentes do Centro de Controle de Zoonoses de Niterói. Apesar de o tema ser divulgado nos meios de comunicação, algumas informações ainda são desconhecidas por muitos.  Segundo a visitante Rafaela Souto, poucas pessoas sabem detalhes sobre o mosquito:  “Não sabia que os ovos podem ficar agarrados mais de um ano nas vasilhas, mesmo sem água.”

Início da visitação.

Os agentes Arlindo Martins e Makieli
Liutti explicam aos visitantes
como combater a dengue.

Foi um final de semana de aprendizado para todas as idades.  De acordo com o agente de controle de zoonoses Antônio Marcos De Oliveira Coelho, a população respondeu positivamente à atividade:  “Todas as pessoas que passaram pelo ônibus tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o temível vilão da dengue. Foi feita uma ‘aula’ sobre o ciclo de vida do mosquito e as formas de combate. As crianças que participaram tiraram fotos para trabalhos escolares, aprenderem um pouco mais sobre a doença e ficaram muito surpresas com o que a doença pode fazer. Para os adultos foi uma forma de relembrar e reafirmar o que deve ser feito para combater a dengue. Acredito que podem ser feitas mais ações como essa até porque a própria população estava pedindo que fossem realizadas mais ações assim”.

Crianças e adultos visitam a exposição.

O agente Antônio Marcos Coelho
no interior do coletivo.

Ao final, os visitantes receberam folders e revistinhas educativas de prevenção, saíram conhecendo mais sobre a doença e suas formas de transmissão.  A finalidade é que se tornem multiplicadores desse conhecimento.

O ônibus é uma iniciativa da GRP Ações Educativas Preventivas de Saúde Pública em parceria com Ministério da Saúde, iniciativa privada e órgãos governamentais estaduais e municipais.

Equipe envolvida na atividade.

*  Secretárias municipais
e chefias do DEVIC e CCZ


*  Secretária Municipal de Saúde - SMS
   Solange Regina de Oliveira
   Secretária Municipal de Conservação e Serviços Públicos - SECONSER
   Dayse Nogueira Monassa
   Diretor do Departamento de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses
   Cláudio Pinto Vicente
   Chefe do Centro de Controle de Zoonoses
   Francisco de Farias Neto



Fonte das imagens:  Jornal "O Fluminense"; Cláudio Pinto Vicente; Antônio Marcos Coelho.

terça-feira, 26 de maio de 2015

Ônibus educativo sobre a dengue visita a UMEI Professora Odete Rosa da Mota





Com o objetivo de levar conhecimentos sobre a dengue aos alunos para que estes os transmitam em suas casas, colocando em prática o que aprenderam, o ônibus educativo “Não dê tempo para a dengue” esteve na Unidade Municipal de Educação Infantil Professora Odete Rosa da Mota, bairro Itaipu, na última sexta-feira (22/05).

Guiados por agentes do setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC) – do Centro de Controle de Zoonoses –, os estudantes adentraram o coletivo, acompanhados de professores, e receberam explicações sobre o tema antes de apreciarem a exposição. 

O interior do veículo é composto por cartazes, maquetes e esculturas que mostram todo o ciclo biológico do mosquito Aedes Aegypti 1.800 vezes ampliado em acrílico. Com a ajuda de lupa, foi possível ver como são os ovos, as larvas, as pupas e o mosquito adulto em tamanho original em recipientes adequadamente acondicionados pela SUCEN- Superintendência de Controle de Endemias de São Paulo.

Os materiais como cartazes e banners contidos no interior do ônibus são os utilizados pelo Ministério da Saúde em suas campanhas.

Os pequenos participaram ativamente da visitação.  Durante o bate-papo prévio, alguns expressaram o que sabem sobre a dengue: “o mosquito dá doença” e “o mosquito gosta de colocar ovinhos na água”.  Muitos admiraram maravilhados as esculturas e demonstraram ter gostado da novidade.

Ao final, os visitantes receberam folders e revistinhas educativas de prevenção, conheceram mais sobre a doença e suas formas de transmissão.  A finalidade é que se tornem multiplicadores desse conhecimento no ambiente familiar.

O ônibus é uma iniciativa da GRP Ações Educativas Preventivas de Saúde Pública em parceria com Ministério da Saúde, iniciativa privada e órgãos governamentais estaduais e municipais.