terça-feira, 31 de outubro de 2017

CCZ promove palestra sobre higiene pessoal para pais de alunos





Pais e responsáveis de alunos da Unidade Municipal de Educação Infantil Eduardo Campos, em Maria Paula, participaram de palestra sobre higiene pessoal promovida pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), através do setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC).  A ação educativa em saúde ocorreu no dia 19 de outubro e teve como objetivo sensibilizar sobre a importância do cuidado com a saúde familiar.

A equipe do IEC, representada pelos agentes Delcir Vieira e Patrícia de Oliveira, expos o tema por meio de diálogo interativo com exibição de slide-show.  Em pauta, os seguintes tópicos:  conceito de higiene, higiene pessoal e ambiental, lavagem das mãos e saúde, cuidados com a água de consumo e alimentos, piolho e sarna.

Segundo Patrícia, a participação do público foi satisfatória: “Muitos aproveitaram para esclarecer dúvidas sobre combate à pediculose e boas práticas na manipulação de alimentos. Houve também perguntas em relação aos hábitos dos roedores e do caracol gigante africano (Achatina fulica)”, avaliou.






segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Escolas participam de ações educativas durante a Semana Nacional de Combate ao Aedes aegypti






Escolas de Educação Infantil de Niterói receberam na última semana ações educativas sobre combate ao mosquito Aedes aegypti promovidas pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) – através do setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC).

As atividades fizeram parte da Semana Nacional de Mobilização dos setores da Educação, Assistência Social e Saúde para combate ao Aedes aegypti (23 a 27 de outubro), campanha do governo federal que visa a alertar a população sobre a importância de combater, ainda antes do verão, o mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. O maior volume de chuvas do período facilita a reprodução do Aedes aegypti.

A equipe do IEC desenvolveu contação de história, bate-papo interativo com exibição de vídeos educativos e distribuição de revistinhas informativas.  O objetivo foi intensificar informações sobre os cuidados que os alunos devem ter para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti e, principalmente, incentivá-los a passar adiante os conhecimentos adquiridos.

Segundo o palestrante Élcio Nascimento, falar sobre o tema de maneira lúdica obteve resposta satisfatória.  “Tratamos a temática utilizando vídeo com desenho animado e bate papo interativo. A aceitação foi ótima. Muitas crianças contaram suas ‘vivências’ com o perigoso mosquito e relataram o que observam de errado nas atitudes dos adultos em relação à prevenção”.

Para Patrícia de Oliveira, a atividade foi um sucesso.  “Contamos com alunos, professores e coordenadoras motivados para entender a melhor maneira de evitar uma possível epidemia de arboviroses. Os alunos demonstraram muito interesse na história e participaram relatando o cotidiano com as práticas de prevenção ao Aedes dos seus pais e responsáveis. Ao final das palestras (contação de história e exibição de vídeos) os alunos confeccionaram cartazes sobre a prevenção ao Aedes junto aos professores para reforçar o conhecimento adquirido”.

Participaram desta mobilização em saúde as unidades de ensino: Núcleo Avançado de Educação Infantil Ângela Fernandes, em Cafubá (23/10); Escola Madre Ângela, em Badu (23 e 24/10); Unidade Municipal de Educação Infantil Aurea Trindade Pimentel, em Itaipu (24/10);  Unidade Municipal de Educação Infantil Odete Rosa da Mota, em Itaipu(25/10);  Unidade Municipal de Educação Infantil Dr. Paulo Cesar Pimentel, em Itaipu (26/10); Unidade Municipal de Educação Infantil Governador Eduardo Campos, em Maria Paula (26/10); Unidade Municipal de Educação Infantil Nina Rita Torres, em Piratininga (27/10).


Equipe do IEC:  Delcir Vieira, Élcio Nascimento, Patrícia de Oliveira e Rita de Cássia Costa


UMEI ÁUREA PIMENTEL






UMEI ODETE ROSA





UMEI PAULO PIMENTEL






UMEI NINA TORRES





ESCOLA MADRE ÂNGELA






UMEI EDUARDO CAMPOS









Usuários do PMF Eva Ramos recebem palestra sobre arboviroses





Encerrando as atividades de sala de espera desenvolvidas na Semana Nacional de Mobilização dos setores da Educação, Assistência Social e Saúde para combate ao Aedes aegypti, o setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC) – do Centro de Controle de Zoonoses de Niterói (CCZ) – realizou palestra sobre o tema Arboviroses no Médico de Família Eva Ramos, bairro Cantagalo, na última sexta-feira (27/10).

A Semana Nacional de Mobilização dos setores da Educação, Assistência Social e Saúde para combate ao Aedes aegypti (23 a 27 de outubro) é uma campanha do governo federal que visa a alertar a população sobre a importância de combater o mosquito ainda antes do verão. O maior volume de chuvas do período facilita a reprodução do inseto.

A ação educativa deu-se por meio de bate papo interativo, nos moldes de palestra, e distribuição de panfletos.  Os agentes Patrícia de Oliveira e Delcir Vieira falaram sobre as principais arboviroses transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti no país (dengue, zika e chikungunya) e seus sintomas, características do inseto e principais medidas de prevenção e combate aos possíveis criadouros do vetor.  

Os participantes, usuários que aguardavam atendimento e funcionários, demonstraram interesse no assunto abordado e buscaram esclarecimentos de algumas dúvidas:  “Contamos com a participação ativa de algumas senhoras que relataram que já adquiram a dengue hemorrágica. Houve também algumas denúncias sobre moradores da comunidade que favorecem a possibilidade de focos do Aedes aegypti”, avaliou Patrícia.


Ação educativa alerta moradores de Icaraí sobre os perigos do Aedes aegypti




Durante a manhã desta terça-feira (24/10), o Centro de Controle de Zoonoses de Niterói (CCZ) intensificou as ações educativas de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya – no bairro de Icaraí.  

A equipe do setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC) abordou os frequentadores do Campo de São Bento orientando e distribuindo material educativo.  O objetivo foi alertar sobre a necessidade de eliminar criadouros do mosquito e mobilizar a população para que casas, condomínios e terrenos sejam limpos, minimizando as possibilidades de proliferação do Aedes Aegypti.

A atividade fez parte da Semana Nacional de Mobilização dos setores da Educação, Assistência Social e Saúde para combate ao Aedes aegypti (23 a 27 de outubro), campanha do governo federal que visa a alertar a população sobre a importância de combater o mosquito ainda antes do verão. O maior volume de chuvas do período facilita a reprodução do inseto.








sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Ação educativa sobre combate ao Aedes aegypti no Horto do Fonseca e do Barreto





Nesta sexta-feira (27/10) o setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC) – do Centro de Controle de Zoonoses de Niterói (CCZ) – está realizando atividade de estande educativo nos Hortos Florestais do Fonseca e do Barreto, como parte das ações educativas da Semana Nacional de Mobilização dos setores da Educação, Assistência Social e Saúde para o combate ao Aedes aegypti.

As exposições tiveram início na última segunda-feira (23).  Os visitantes, ao longo da semana, estão conferindo miniaturas de casas que demonstram as atitudes corretas e erradas para evitar os focos de mosquitos. Além disso, a equipe do IEC distribui material informativo (revistinhas, panfletos e adesivos) e orienta os participantes sobre as arboviroses dengue, zika, chikungunya e febre amarela – enfatizando a importância da prevenção e do combate ao vetor, o Aedes aegypti.  

Passaram pelo estande, até o momento, os frequentadores locais, funcionários do horto e alunos das escolas públicas municipais do bairro.  Todos se mostraram interessados em aprender mais, receberam com atenção e curiosidade as explicações e fizeram perguntas sobre o tema. 


Equipe do IEC:  Antônio Pessoa, Hugo Costa, Maria Cristina Crisóstomo, Rodolfo Mata, Rogério Tavares e Rosani Loureiro.