segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Macacos não transmitem a febre amarela e maltratar ou matar esses animais é crime!





Por conta dos episódios recentes de violência contra micos, saguis e macacos, é importante ressaltar que esses animais não são transmissores da febre amarela: eles são vítimas assim como nós! Ainda assim, 69% dos macacos mortos, somente neste ano, sofreram de violência humana e maus tratos :( Os episódios de animais doentes nos avisa sobre a existência do vírus no local, possibilitando o monitoramento da doença e a intensificação de campanhas de vacinação. Matar esses bichinhos é crime ambiental e também um desserviço à saúde pública, pois sem a detecção dos animais doentes, as medidas de controle não têm indicação de intensificação.

Vale reforçar que a transmissão da febre amarela ocorre quando uma pessoa não vacinada adentra em região de mata e é picada por um mosquito infectado, que vive exclusivamente nas copas das árvores de regiões silvestres. É o mosquito que leva a doença para os centros urbanos, não o macaco. Ah, se por acaso você precisar de orientação e/ou recolhimento desses animais, o Centro de Controle de Zoonoses de Niterói está à disposição diariamente, inclusive nos finais de semana, das 8h às 17h, no telefone 2625-8441. Os macacos não são nossos inimigos e sim, aliados no combate à Febre Amarela.


Fonte:  Prefeitura de Niterói

Nenhum comentário:

Postar um comentário